Qual o piso ideal para baia de cavalos?

Publicado em 23/02/2016 às 11h08

Todos os criadores/ proprietários de animais se preocupam com seu bem-estar. Sua dieta cautelosa, seus exercícios regulares, gastando valores consideráveis para que suas estruturas atendam os padrões ideais de saúde e conforto.Baia para cavalo pisos

Para que seu corpo e mente possam funcionar bem durante o dia, uma das necessidades vitais é o sono. Abreviando nossa conversa, ter uma boa noite de sono é essencial os equinos tanto quanto para nós, homens. Já pensou dormir naquele colchão que te faz acordar com dores terríveis na coluna? Não importa o quão boa seja a roupa de cama, o que faz a diferença é o que está abaixo dela.

tipos de piso para baia de cavalos

Além da importância de uma boa noite de sono, muitos animais passam a maior parte do seu dia dentro das baias, seus pés e pernas podem ser prejudicados ou beneficiados dependendo do tempo e dinheiro que você investir em seu piso. Nosso objetivo é fornecer informações sobre os tipos de piso para baias, mas nenhuma dessas informações dispensa a ajuda de um profissional especializado que irá levar em conta características particulares da sua cocheira/ trato/ terreno e drenagem.

Baia de cavalo

Duas categorias principais definem os tipos de piso: Permeáveis e Impermeáveis. Ao optar pela primeira categoria deve-se levar em conta uma fundação com areia/ carvão/ cascalho entre outros materiais para ajudar no movimento da água para baixo. Na segunda opção, deve-se ter um sistema de drenagem auxiliar com inclinações e drenos para que a urina/água possam correr para fora da baia.

Medida para baia de cavalo

Características do piso ideal:

  • Deve ser confortável para as pernas do animal, ajudar a diminuir a tensão nos pés e tendões.
  • Seco, enxuto, sem segurar a umidade
  • Não deve reter odor
  • Anti-derrapante, para incentivar o cavalo a se deitar sem medo de escorregar
  • Durável, resistente aos impactos do casco do animal
  • Baixa manutenção
  • Fácil de limpar

cocheiras para cavalos

Piso natural– A princípio esta parece ser a solução mais prática e econômica. Porém, é preciso ser cauteloso,pois drenagem e durabilidade dependem das propriedades do terreno. Alguns tipos de solo podem resistir drenagem e resultar na lama ou poças enquanto outros podem tornar-se secos e poeirentos.  Um betão pode ser usado na porta da baia para “desencorajar” buracos.

Piso com brita e bidim – São colocadas duas camadas de brita, a primeira a 90cm abaixo do nível do piso com 30cm de brita n°03, a segunda camada  logo acima com 30cm de brita n°02, após a segunda cama segue uma manta de bidim e para finalizar 30cm de areia e terra na proporção 1:2. Certifique-se de que todas as camadas estão bem compactadas. Há que se ter cuidado ao fazer este piso, se não compactado corretamento podem desenvolver desníveis (buracos) e misturar pequenas pedras com a cama.

Piso com carvão vegetal – Semelhante ao piso com a brita, também deve ser escavado em 90cm, seguindo a ordem de 30cm de brita n° 03 (para drenar), 20cm de carvão vegetal (que ajuda a evitar o mal cheiro), e 40cm de areia lavada bem campactada. Após a execução é recomendável molhar completamente o chão compactando-o novamente e deixar secar por 24 horas, após este tempo verificar se ainda existem quaisquer buracos ou depressões e preenche-los.

Piso de concreto- Este tipo de piso é um dos mais comuns, devido a sua durabilidade e fácil manutenção. Ao optar pelo concreto é necessário se atentar para que não seja muito liso a ponto do animal escorregar e nem tão rugoso a ponto de se tornar abrasivo. Deve ser acompanhado de uma inclinação para sistema de drenagem. Entre suas desvantagens estão a retenção de urina (não absorve) na cama, forte impacto nos tendões dos cavalos, precisa de mais quantidade de cama para se tornar confortável.

Piso de borracha- Variam de acordo com o fabricante em espessura, durabilidade, textura, etc. É um material nobre que não tem produz poeira, trás um conforto maior para as pernas dos animais e tem as propriedades antiderrapantes que deixam a baia mais segura. Porém, os animais tendem a se sentir mais ambientados com produtos naturais, encontrados nos campos e pastos.

piso de borracha baia cavalos

Tem interesse em construir, reformar seu haras hípica ou fazenda? Clique aqui e entre em contato conosco para fazer um orçamento!

Tags: Arquiteto de haras, Arquiteto de hipica, Arquitetura Equestre, baias, cocheiras , cocheiras para cabanha, estábulos

Comentários

Júlio Cezar peres em 15/06/2017 10:46:12
Bom dia.
somos de Presidente Prudente sp.
li a reportagem acima e gostaria de apresentar nosso produto para cama de cavalos a vocês.
Pois como percebi na materia nao ha conhecimento sobre esse tipo inovador para cama de cavalos.
nosso produto é pioneiro no Brasil estamos comercializando a pouco tempo .
100% natural
dura até 4x mais que as camas já utilizadas
não palatável
não inflamável
retira o odor da baia em 95%
diminuiu moscas em até 90%
ótimo para cavalos com problemas respiratórios
e vários outros benefícios.
produto patenteado.
Se houver interesse em conhecer mais sobre nosso produto.
entre em contato, nosso site
www.horsebedding.com.br
Júlio 18 99751 0680
obrigado


Enviar comentário

voltar para Arquitetura Equestre

||left||||news b01 c05 bsd|b01 c05 bsd|b01 c05 bsd|news login b01 c05 bsd|c05|b01 c05 bsd|content-inner||news fl