Loteamentos e condomínio fechado com hípica e haras

Publicado em 28/03/2017 às 15h37

Cada vez mais comuns no Brasil, esse tipo de loteamento já são amplamente conhecidos em outros países da America, é o que chamam "comunidade equestre" ou "condomínios equestres", que é basicamente um condomínio fechado com centro hípico e haras que pode ser utilizado somente pelos condôminos ou aberto ao publico.

Com a correria da vida na cidade, muitas pessoas preferem procurar a vida no campo para fugir da rotina urbana, em resposta a esta demanda, há um interesse recente em empreendimentos habitacionais que refletem um estilo de vida construído em torno de cavalos.

Alguns empreendedores nos procuraram para este tipo de projeto, com muitas dúvidas, vamos tentar esclarecer aqui algumas delas e dar um norte para quem pretende fazer um loteamento equestre seja com centro hípico ou haras.

Que tipo de modalidade fazer em um condomínio com hípica ou haras?

Existem inúmeras modalidades de esportes no Brasil que utilizam o cavalo. Começando pelas olímpicas: Salto, adestramento, CCE e Pentatlo (esta ultima menos comum). Entre as não olímpicas praticadas aqui estão o volteio, atrelagem, rédeas, três tambores, vaquejada, laço, enduro, polo e até mesmo passeio para citar algumas das mais comuns. Com tantas opções, qual escolher? A resposta para esta pergunta vai depender da região onde está localizado o seu empreendimento, do publico alvo e qual a finalidade de montar um condomínio fechado com estrutura para abrigar cavalos (por exemplo, a ideia é atrair praticantes de alguma modalidade ou apenas ter um espaço para relaxar, fazer cavalgadas e passeios a cavalos). Para citar algumas características, o polo é um esporte que utiliza pelo menos 4 cavalos por jogador (por ser exaustivo para o animal), ou seja, é necessário ter um poder aquisitivo maior para praticar esta modalidade já que um cavalo tem custo elevado mensal, o que não funcionaria para condomínios que não são de alto padrão. O tambor é uma modalidade mais western e o hipismo uma modalidade mais clássica.

Que estrutura eu preciso para fazer o loteamento fechado com centro hípico?

Falando dos equipamentos necessários para um haras ou hípica de forma a fazer a instalação funcionar, são:

  • Cocheiras: O pavilhão onde estão as baias é que vai abrigar os cavalos.
  • Quarto de sela: Onde deverão ser guardados os equipamentos utilizados no esportes.
  • Farmácia: É necessária uma pequena farmácia para armazenar equipamentos de primeiros-socorros e pomadas, curativos em geral.
  • Area para Duchas: Onde é dado banho no animal, medicado, onde se faz a crina e manutenções em geral no animal. Podem ser cobertas ou descobertas, é recomendável que tenha cobertura para que mesmo em dias de chuva possam ser executadas tarefas (como ferrar o animal por exemplo).
  • Composteira: Área para compostagem de cama (esterco).
  • Depósitos: Feno, cama, grãos, maquinário (trator, roçadeira, rastelo,etc).
  • Embarcadouro: Uma rampa com fechamento lateral para descer com os cavalos do caminhão. Hoje em dia, trailers são muito utilizados e possuem rampa própria, mas ainda é necessário um embarcadouro.
  • Piquetes: Os cavalos precisam ter uma área para relaxar, brincar, descontrair, especialmente se é um condomínio de casas de campo (onde normalmente os moradores vão só de final de semana) e os cavalos ficam "parados" nos dias de semana. Separe uma boa área para esta finalidade.
  • Pista, picadeiro: A não ser que seja um local somente para passeio (e ainda assim é recomendável) é necessário ter uma pista para que os alunos possam montar. O tamanho dela pode variar de acordo com a modalidade de esporte (laço, tambor, hipismo clássico, adestramento, etc.) e o número também.

 Pista de areia, grama, coberta ou descoberta e quantas?

Aproveitando o gancho do último tópico da pergunta acima, esta também é uma dúvida frequente entre os empreendedores que gostariam de fazer um condomínio hípico ou com haras. O número de pistas vai depender do número de modalidades (você pode abrigar mais de uma) dentro do loteamento com hípica, por exemplo, uma pista oficial para tambor tem dimensões diferentes de uma pista oficial para salto, também é difícil praticar as duas modalidades dividindo a mesma pista. A situação ideal é: ter uma pista pequena para os alunos que estão iniciando poderem praticar em um ambiente mais controlado e uma pista maior para os que estão mais avançados. Pistas de grama são recomendáveis somente se o condomínio for abrigar polo ou competições de grande porte de salto. Sobre a cobertura da pista, por ter um custo elevado não é tão comum neste tipo de empreendimento, muitos desejam ter a estrutura indoor mas se assustam na hora do orçamento, acredito que um condomínio mesmo que alto padrão possa ter uma estrutura excelente mesmo sem ter um picadeiro indoor.

Qual a área necessária para abrigar uma hípica ou haras?

Esta provavelmente é a pergunta mais difícil de responder. Isto porque ela pode variar muito (e quando digo isso é muito mesmo) do programa de necessidades do local. Mas posso afirmar que dificilmente você conseguirá abrigar cavalos em uma área menor do que 10.000m², mesmo que seja o que chamamos de manege (uma pequena instalação equestre).

Qual o número de cavalos que meu condominio equestre deve abrigar?

Esta também é uma dúvida frequente, estima-se que cerca de 30% dos condôminos residentes neste tipo de condomínio possuem cavalo. Se a finalidade do loteamento fechado com hípica é apenas para moradores praticarem o esporte a conta é mais simples (levar em conta que cerca de 40% destas pessoas possuem mais de um cavalo), porém, se o condomínio irá abrigar eventos equestres e será aberto a aulas para o público externo, costumo recomendar que as cocheiras comecem com um número pequeno (24 é o número ideal de baias por pavilhão) e tenha previsão de expansão em projeto.

Para citar alguns condomínios aqui no Brasil que abrigam hípica, centro equestre ou haras:

Quinta da Baroneza

Haras Larissa

Fazenda Boa Vista

Terras de São José

 

Tags: Arquiteto de haras, Arquiteto de hipica, arquitetura de haras, centro equestre, condomínio com haras, condomínio com hípica, condomínio hípico, loteamento hípico

Enviar comentário

voltar para Arquitetura Equestre

||left||||news b01 c05 bsd|b01 c05 bsd|b01 c05 bsd|news login b01 c05 bsd|c05|b01 c05 bsd|content-inner||news fl