Duchas para cavalos - Projetando de maneira eficiente

Publicado em 27/07/2016 às 19h15

Os cavalos são criaturas maravilhosas em muitas coisas, mas limpeza não é uma delas. Quer sua área de ducha seja simples como uma caixa ou tão elaborada quanto um spa para cavalos, ela terá muito uso durante o ano todo, deverá ser tão eficiente quanto possível.

Uma ducha bem projetada sem dúvidas será apreciada pelos funcionários que trabalham diariamente em suas instalações. A principio pode pesar no bolso do proprietário, mas sem dúvidas trarão benefícios compensativos, desde trazer mais clientes, até impressionar possíveis compradores com a funcionalidade do seu espaço e preocupação com o bem estar dos animais.

1- Localização: Se a sua ducha é externa, o primeiro instinto é coloca-las o mais próxima possível do pavilhão de cocheiras para aproveitar as instalações de água, embora isso possa ser conveniente há que ser cauteloso com a drenagem adequada para não prejudicar as cocheiras ou você pode literalmente se afundar em problemas; também é ideal que esteja em uma área com maior incidência de sol, desta forma poderá secar mais rápido (os cavalos e o piso) e facilitar a visualização no manuseio na hora de lavar os cavalos. Para duchas internas, você deve considerar  sua proximidade com banheiros para otimizar tubulação de água e esgoto e há que se atentar para não respingar água nas baias de outros animais, o ideal são paredes altas nas divisas.

2- Água e eletricidade: Basicamente você deve saber que elas não se misturam. Por isso, não deixe de contar com um ótimo profissional na hora de fazer as instalações elétricas nessa área, elas devem estar sempre embutidas (assim como em todo estábulo). Para reduzir o risco de problemas evite tomadas nas áreas de duchas.

3- Tamanho importa: Dar ducha a um animal exige amplos movimentos, o cavalo deve poder girar, entrar e sair confortavelmente além de uma distancia segura para que o manipulador não tome banho junto com o cavalo.

4- Drenagem: Deve ser considerada em todos os passos na hora de construir uma ducha. Lembre-se que a gravidade sempre levará a água a escoar para baixo, portanto, fique de olho para seu empreiteiro não colocar a grelha lá em cima.  Assegure-se de que o piso está com pelo menos 2% de inclinação na direção certa. Estrume e crinas devem ficar fora das tubulações, instale uma grelha eficiente ou frequentemente terá sua tubulação entupida.

5- Mantenha em ordem: Uma vez que você tenha construído ou reformado sua área de duchas, seu trabalho está só no começo.  Você deve orientar seus funcionários, clientes e visitantes a manter a área sempre limpa. Faça uma placa com a regrinhas da area de ducha e comece a partir do dia 01:

  • Recolher crinas e estrume,  pode até tentar  algo divertido como "a fada da limpeza não trabalha aqui, por favor, limpe após lavar seu cavalo.
  • Desligue a água enquanto estiver ensaboando o animal.
  • Por favor não esguiche os vizinhos.
  • Guardar objetos e xampus quando terminar.

Um design eficiente e funcional é importante para a segurança e saúde dos animais e das pessoas que utilizam o estábulo. A qualidade das instalações irá influenciar diretamente a qualidade de vida e felicidade dos cavalos e clientes.

Tags: arquiteto, arquiteto de cavalos, arquitetura, Arquitetura Equestre, celeiro, cocheiras , construção de haras, ducha para cavalos, projeto de haras

Enviar comentário

voltar para Arquitetura Equestre

||left||||news b01 c05 bsd|b01 c05 bsd|b01 c05 bsd|news login b01 c05 bsd|c05|b01 c05 bsd|content-inner||news fl