Como lidar com o clima em suas cocheiras

Publicado em 13/06/2016 às 12h04

Há muito o que se pensar para projetar suas cocheiras; da localização e o melhor posicionamento em relação à propriedade até o estilo que você quer construir, tipo de materiais, a elaboração de um projeto pode ser extremamente extensa! Mas um detalhe importantíssimo que não se pode deixar de lado: o clima.

O clima deve estar sempre presente em sua mente quando for projetar as baias. A temperatura e umidade local tem papel muito importante no tipo de cocheira a ser projetada. Em um lugar de inverno rigoroso, você deve se atentar para as grandes aberturas, o ideal é que estejam voltadas para alguma espécie de abrigo, faceando para um morro, densa linha de árvores ou vegetação mais alta.

O ideal é sempre se planejar levando em consideração as variações do clima. Com aberturas maiores onde é mais quente, levando em conta a insolação e ventilação cruzada. Em locais com inverno mais rígido, o ideal é que as baias tenham a flexibilidade de serem fechadas durante a noite, ajudando na retenção do calor no inverno, mas com a possibilidade de aberturas para circulação de ar durante o dia e o verão.

Imagem: Equinesystems

Também devem ser consideradas as variações do clima para o manejo em geral. Será necessária uma área ‘indoor’ para não perder o trabalho em época de chuvas constantes? Ou para se abrigar do sol intenso durante o verão?

Antes de planejar o layout da cocheira, considere a passagem do sol e do vento. Orientando a cocheira na direção do vento, você pode deixar as portas da baia abertas durante o verão, tirando vantagem da ventilação natural. 

Se você optar por instalação de placas solares para utilizar energia fotovoltaica nas cocheiras, o conhecimento da posição solar será muito importante. 

Imprescindível levar em consideração as chuvas na região. Áreas com chuvas frequentes ou intensas requerem um planejamento e preparação de drenagem maior do que em regiões mais secas. Certifique-se que você terá a drenagem correta tanto para áreas externas como arenas internas.

O solo pode ficar bem lamacento nessa época, então é aconselhável preparar o piso nos lugares de tráfego mais intenso, como na passagem para o pasto ou para os bebedouros.

Leve também em consideração o caminho que a água da chuva, ou enxurradas, percorrem. Se for na direção de onde você planeja construir, você deve planejar uma preparação maior para não inundar suas instalações; ou mudar a localização da cocheira, que seria a solução ideal.

Como vê o fator climático da área onde vai construir a cocheira é algo sobre o qual você deve estar familiarizado para executar um projeto tão importante!

Via: Classic Equine , Imagem 02- Equine Systems

Tags: Arquiteto de haras, arquiteto de hípicas, Arquitetura Equestre, BAIA DE CAVALO, cocheiras para cavalos, como fazer cocheiras

Enviar comentário

voltar para Arquitetura Equestre

||left||||news b01 c05 bsd|b01 c05 bsd|b01 c05 bsd|news login b01 c05 bsd|c05|b01 c05 bsd|content-inner||news fl