Cólicas em cavalos estabulados

Publicado em 27/06/2016 às 19h47

Todo proprietário de cavalos tem como pesadelo a palavra com "C", embora as vezes seja inevitável, existem alguns passos que os proprietários podem tomar para evitar as cólicas. Manter os animais no pasto, ao invés de baias por exemplo, pode diminuir significativamente a incidência de cólica nos cavalos. De acordo com os resultados de um estudo recente realizado por um grupo de pesquisadores britânicos, há uma diminuição no movimento do bolo alimentar (ou motilidade intestinal) em cavalos estabulados em comparação com os animais criados no pasto.

CAVALO SOLTO NO PASTO COLICA

 A equipe de investigação, liderada por Sarah Freeman, PhD, CertVA, Cert VR, Certes, Dipl. ECV, MRCVS, professora associada de Cirurgia Veterinária da Universidade de Nottingham - Escola de Medicina Veterinária e Ciência, em Leicestershire, utilizou ultra-sonografia para avaliar a freqüência de grandes contrações intestinais (e, portanto, a quantidade de motilidade intestinal) em dois grupos de oito cavalos (sem história recente de doença gastrointestinal) utilizados para treinamento de equitação no Defense Animal Center em Melton Mowbray, Reino Unido.

O primeiro grupo foi estabulados durante todo o período do estudo, composto por  duas fases de monitoramento. Eles foram alimentados com feno e concentrado duas vezes por dia, com acesso constante à água potável. Cavalos neste grupo foram exercitados levemente para 60-90 minutos por dia. Estes cavalos permaneceram na mesma rotina ao longo ambas as fases de monitoramento.

O segundo grupo foi mantido no pasto 24 horas por dia com acesso constante à água potável para a primeira parte da fase de monitoramento. Eles não receberam nenhum exercício formal ou concentrados suplementares, enquanto estavam no pasto. Para a segunda fase de monitoramento, cavalos neste grupo foram transferidos para o regime de cocheiras, idêntico ao primeiro grupo.

Os pesquisadores utilizaram a ultrassonografia para examinar dois cavalos de cada grupo de estudo duas vezes por dia durante dois dias consecutivos para avaliar a freqüência das contrações dentro de várias partes do intestino grosso.

COLICAS EM CAVALO COCHEIRA

Os resultados do estudo mostraram uma diferença mensurável em grande motilidade intestinal entre os dois grupos de cavalos.

"A frequência de contracções intestinais de todas as regiões coletivamente foi significativamente menor quando os cavalos foram estabulados em comparação com o regime de pasto, mas este efeito foi maior em uma região do cólon onde ocorrem geralmente impactações", disse Freeman no estudo.

A equipe observou que existem vários fatores que diferem entre a gestão de cavalos em baia e em pastagens, incluindo o tipo de alimentação, intervalos de alimentação e níveis de atividade.

 "Agora que sabemos que os cavalos estabulados reduziram a motilidade, podemos tomar medidas para tentar melhorar isso e reduzir o risco de cólica."

COLICAS EM CAVALOS ESTABULADOS

Algumas medidas que podem te ajudar a evitar cólica nos animais:

  •  Sempre tenha água limpa e abundante disponível
  •  Observe atentamente seu cavalo se houveram mudanças de treino, dieta ou lugar de estabulagem
  •  Sempre que possível, solte os animais no pasto
  •  Controle de parasitas nas baias e depósitos é essencial.

Estudo publicado na edição do Equine Veterinary Journal de agosto.

Enviar comentário

voltar para Arquitetura Equestre

||left||||news b01 c05 bsd|b01 c05 bsd|b01 c05 bsd|news login b01 c05 bsd|c05|b01 c05 bsd|content-inner||news fl